Medidas de Michel Temer para por fim a Greve dos Caminhoneiros 2018

Neste domingo, o presidente Michel Temer anunciou medidas que poderiam acabar com a greve dos caminhoneiros, que hoje chega em seu oitavo dia.
Entre as medidas anunciadas pelo presidente, está a redução de R$0,46 no preço do litro do diesel pelo prazo de 60 dias e a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios. Com a redução do preço do diesel, custará ak governo, cerca de R$ 10 bilhões. A foi assinado um acordo com os principais representantes das categorias, que após publicado no Diário Oficial seria encerrada a greve, mas devido a greve ter alcançado um nível muito alto, existem diversos pontos de bloqueios nas estradas do país, onde os caminhoneiros acham que a proposta ainda não é suficiente.

O presidente Michel Temer ressaltou que o governo optou pelo diálogo e a conciliação para tratar do impasse com os caminhoneiros, mesmo podendo utilizar a força desde o primeiro dia para acabar com a greve. “Nós não fazemos assim, não é nossa vocação. A nossa vocação é do acerto, do diálogo, da conciliação, do ajuste, que é o que fizemos ao longo dessa semana”, informou o presidente em seu pronunciamento.

Consulte os concursos e vagas abertas em sua Região.

Gostou dessa oportunidade? Então compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *