Home / Financiamentos / Banco do Brasil adia parcelas de pequenas e micro empresas

Banco do Brasil adia parcelas de pequenas e micro empresas

O Banco do Brasil ira prorrogar o pagamento das próximas duas parcelas dos financiamentos das pequenas e micro empresas para o final do cronograma de pagamento de dívidas, junto com a incidência de juros que será diluída ao longo do financiamento, esse anuncio foi realizado na tarde desta segunda-feira 23.

O objetivo da prorrogação das parcelas dos financiamentos, é garantir que as empresas não necessitem dispor de seus caixas para pagar os empréstimos nesse momento delicado que estamos vivendo, devido a pandemia do coronavírus, liberando recursos para o pagamento de funcionários e fornecedores.

O Banco do Brasil já havia anunciado também um reforço de 100 bilhões de reais em suas linhas de crédito destinados a pessoa físicas e jurídicas.

Empréstimo Pessoal Banco do Brasil

Para apoiar as necessidades financeiras durante este período de impacto econômico em virtude do COVID-19, o BB disponibilizou linhas de Crédito Direto ao Consumidor – CDC*, com carências diferenciadas para o pagamento:

  • BB Crédito Salário: carência mínima de 60 dias e máxima de até 180 dias para pagar a primeira parcela e pula parcela** para até 2 meses;
  • BB Crédito Automático: carência de 60 dias para pagar a primeira parcela, e pula parcela para até 2 meses;
  • BB Crédito Consignado: carência de até 180 dias para pagar a primeira parcela**, conforme condições de cada convênio.

As renovações de operações já contratadas poderão ter os mesmos prazos de carência e também de pula parcela.

Para saber mais, acesse: https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/voce/produtos-e-servicos/emprestimo/emprestimo-pessoal#/

Precisando de empréstimo, acesse https://economiasocial.net/category/emprestimos/

Gostou dessa oportunidade? Então compartilhe:

Check Also

financiamento de automóveis

Financiamento de automóveis Banco Itaú

Financiamento de automóveis Banco Itaú Quer trocar de carro? Comprar um carro zero ou usado? …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *