Home / Educação / Inscrições para o Enem 2018, fique por dentro

Inscrições para o Enem 2018, fique por dentro

As inscrições para o ENEM 2018 começam nesta segunda dia 07 e vão até dia 18 de maio de 2018, as inscrições serão para todos, sendo isentos ou não, caso tenha solicitado e conseguido a isenção do pagamento de inscrição, também será necessário realizar a inscrição. As inscrições poderão ser realizadas através da Página do Participante , o valor da taxa de inscrição neste ano, será de R$82,00 e a Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança) é gerado pelo sistema. Caso seja necessário, você poderá atualizar seus dados, trocar o município de provas, mudar a opção de língua estrangeria ou alterar o atendimento especializado até o dia 18 de maio.


Neste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio, contou com algumas novidades, como a Solicitação de isenção antes do período de inscrição e mais:

– Justificativa de ausência para isentos que não compareceram aos dois dias de prova do Enem 2017 e querem isenção no Enem 2018;
– Isenção para quem atingiu nota mínima para certificação do ensino médio nas áreas para as quais se inscreveu no Encceja 2017;
– Ampliação de 30 minutos na duração das provas do segundo dia de aplicação.
– Possibilidade de recurso relacionado à isenção e justificativa de ausência.
– Mais documentos aceitos na identificação.
– Critérios de eliminação atualizados e ampliados.
– Redação que desrespeitar os Direitos Humanos perde 200 pontos.

Sobre o ENEM

O Enem tem como principal finalidade a avaliação do desempenho escolar acadêmico no final do Ensino Médio, de acordo com o resultado, pode:

– possibilitar a constituição de parâmetros para a autoavaliação do participante, visando a continuidade de sua formação e a sua inserção no mercado de trabalho;
– permitir a criação de referência nacional para o aperfeiçoamento dos currículos do Ensino Médio;
– ser usados como mecanismo único, alternativo ou complementar para acesso do à Educação Superior, especialmente, a ofertada pelas instituições federais de educação superior;
– permitir o acesso do participante a programas governamentais de financiamento ou apoio ao estudante da Educação Superior;
– ser utilizados como instrumento de seleção para ingresso nos diferentes setores do mundo do trabalho;
– viabilizar o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre a educação brasileira.

Sobre as provas

Este ano, serão aplicadas 4 provas objetivas com 45 questões cada, sendo elas:
– Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
– Ciências Humanas e suas Tecnologias;
– Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
– Matemática e suas Tecnologias.

Redação com texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema (política, social ou cultural) com no máximo 30 linhas.

Documentos válidos no dia da prova

– Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
– Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
– Novidade: Protocolo Provisório de Solicitação de Refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal
– Carteira de Registro Nacional Migratório;
– Novidade: Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
– Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
– Carteira de Trabalho e Previdência Social;
– Certificado de Dispensa de Incorporação;
– Certificado de Reservista;
– Passaporte;
– Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
– Identidade funcional.

Leia também:

O que muda no Enem 2018

 

 

Gostou dessa oportunidade? Então compartilhe:

Check Also

Vestibular para UFT 2019/2 estão abertas

Estão abertas as inscrições para o vestibular 2019/2 da UFT, a Universidade Federal de Tocantins …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *